Ex-assessor de Uribe é preso na Colômbia

Bernardo Moreno, ex-chefe de gabinete do presidente da Colmbia est envolvido em escndalo de grampos telefnicos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A juíza colombiana Marlene Orjuela determinou a prisão do ex-chefe de gabinete do ex-presidente da Colômbia, Alvaro Uribe. Acusado de envolvimento em um escândalo de "grampos" telefônicos Bernardo Moreno foi preso neste sábado.

Ele é o segundo alto funcionário do governo de Uribe a ser preso nesta semana. Na terça-feira, a polícia prendeu o ex-ministro da Agricultura Andrés Felipe Arias, acusado de desviar para famílias ricas e associados políticos dinheiro público destinado a subsídios para pequenos agricultores. Entre os beneficiários do dinheiro desviado estava uma ex-miss Colômbia que nem sequer possui uma fazenda. Arias, um economista formado nos EUA, era tido como potencial sucessor de Uribe na eleição presidencial do ano passado.

Moreno foi chefe de gabinete de Uribe nos dois mandatos deste, de 2002 a 2010. Ele nega as acusações de ter comandado um esquema de escutas telefônicas contra juízes, jornalistas e adversários políticos de Uribe.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email