Ex-diplomata do governo Obama que fez ameaças e ataques islamofóbicos é preso em Nova Iorque

Stuart Seldowitz foi filmado assediando e ameaçando Mohamed Hussein, um vendedor de alimentos halal em Manhattan

Stuart Seldowitz
Stuart Seldowitz (Foto: Reprodução/X)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ex-alto funcionário do governo dos Estados Unidos, Stuart Seldowitz, que foi filmado assediando e ameaçando Mohamed Hussein, um vendedor de alimentos halal em Manhattan, foi preso em Nova Iorque sob a acusação de crime de ódio. 

As acusações contra Seldowitz, que já ocupou o cargo de vice-diretor do Escritório de Israel e Assuntos Palestinos do Departamento de Estado no governo Barack Obama, incluem assédio agravado e perseguição, diz o jornal O Globo citando as autoridades locais. Ele reconheceu sua presença nos vídeos, alegando ter sido provocado pelo comerciante com comentários favoráveis ao grupo palestino Hamas.

continua após o anúncio

Nos vídeos compartilhados nas redes sociais, Seldowitz faz comentários desrespeitosos sobre o conflito na Faixa de Gaza,  chegando a afirmar que mais crianças palestinas deveriam morrer. “Se matamos  4 mil crianças palestinas, não foi suficiente”, disse. Ele também fez ofensa ao profeta Maomé e ameaçou usar de suas conexões no governo para deportar o homem e envolver a polícia secreta do Egito no caso.  >>> Ex-diplomata do governo Obama faz ameaças e ataques islamofóbicos e diz que 'mais crianças palestinas deveriam morrer' (vídeo)

Em entrevista à mídia americana, ele negou ser islamofóbico, mas admitiu ter proferido palavras das quais se arrepende. O vendedor Mohamed Hussein negou ter feito qualquer comentário favorável ao Hamas. Os vídeos também não mostram nenhum comentário do vendedor além dele dizer iria chamar a polícia e pedir para que Seldowitz fosse embora

continua após o anúncio

 As acusações foram apresentadas após Hussein relatar à polícia que foi alvo de abordagens repetidas, incluindo comentários islamofóbicos, que o deixaram "com medo e irritado".

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247