Ex-procuradora-geral da Venezuela deixa Colômbia a caminho do Brasil

A ex-procuradora-geral da Venezuela Luisa Ortega, que deixou o país na semana passada, viajou da Colômbia para o Brasil, informou a agência migratória colombiana nesta terça-feira; "Hoje a procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, partiu a caminho do Brasil", disse a agência em comunicado; Ortega investiga o caso Odebrecht

A ex-procuradora-geral da Venezuela Luisa Ortega, que deixou o país na semana passada, viajou da Colômbia para o Brasil, informou a agência migratória colombiana nesta terça-feira; "Hoje a procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, partiu a caminho do Brasil", disse a agência em comunicado; Ortega investiga o caso Odebrecht
A ex-procuradora-geral da Venezuela Luisa Ortega, que deixou o país na semana passada, viajou da Colômbia para o Brasil, informou a agência migratória colombiana nesta terça-feira; "Hoje a procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, partiu a caminho do Brasil", disse a agência em comunicado; Ortega investiga o caso Odebrecht (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BOGOTÁ (Reuters) - A ex-procuradora-geral da Venezuela Luisa Ortega, que deixou o país na semana passada, viajou da Colômbia para o Brasil, informou a agência migratória colombiana nesta terça-feira.

"Hoje a procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, partiu a caminho do Brasil", disse a agência em comunicado.

Nesta semana está sendo realizada em Brasília a 22ª Reunião Especializada de Ministérios Públicos do Mercosul.

Ortega, que se tornou uma das principais vozes de oposição ao impopular presidente venezuelano, Nicolás Maduro, chegara à Colômbia na sexta-feira acompanhada de seu marido, um parlamentar, dizendo que temia pela própria vida.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse na segunda-feira que condederia asilo a Ortega caso ela solicite.

Reportagem de Julia Symmes Cobb

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email