Explosão em rua comercial causa pânico e correria em Londres

Uma explosão na Oxford Street, considerada a rua comercial mais movimentada da Europa, causou pânico e correria nesta quinta-feira, informou a mídia britânica; pelo menos uma pessoa foi socorrida com ferimentos leves; muita fumaça também foi registrada logo depois da explosão; as autoridades de Londres descartaram ataque terrorista, e afirmaram que tudo não passou de uma "pequena explosão em um sistema elétrico" local

Uma explosão na Oxford Street, considerada a rua comercial mais movimentada da Europa, causou pânico e correria nesta quinta-feira, informou a mídia britânica; pelo menos uma pessoa foi socorrida com ferimentos leves; muita fumaça também foi registrada logo depois da explosão; as autoridades de Londres descartaram ataque terrorista, e afirmaram que tudo não passou de uma "pequena explosão em um sistema elétrico" local
Uma explosão na Oxford Street, considerada a rua comercial mais movimentada da Europa, causou pânico e correria nesta quinta-feira, informou a mídia britânica; pelo menos uma pessoa foi socorrida com ferimentos leves; muita fumaça também foi registrada logo depois da explosão; as autoridades de Londres descartaram ataque terrorista, e afirmaram que tudo não passou de uma "pequena explosão em um sistema elétrico" local (Foto: Romulo Faro)

Sputnik

Uma explosão na Oxford Street, considerada a rua comercial mais movimentada da Europa, causou pânico e correria nesta quinta-feira, informou a mídia britânica. Ao menos uma pessoa foi socorrida com ferimentos leves.

As redes sociais foram invadidas por fotos e vídeos da correria de pessoas logo após a explosão na área, localizada em Westminster. Muita fumaça também foi registrada logo depois da explosão.

Rapidamente especulou-se que se tratava de um ataque terrorista.

Contudo, as autoridades de Londres afirmaram que tudo não passou de uma "pequena explosão em um sistema elétrico" local.

As causas da falha elétrica, se ela ocorreu por questões técnicas ou se foi ocasionada por interferência humana, ainda serão investigadas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247