Extrema-direita perde eleições regionais na Itália, em duro golpe para Salvini

O líder de extrema-direita da Itália, Matteo Salvini, do partido Liga, foi derrotado neste domingo em sua tentativa de vencer uma eleição regional crucial para seus planos de retornar ao poder

Matteo Salvini
Matteo Salvini (Foto: REUTERS/Bernadett Szabo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O político de extrema-direita italiano Matteo Salvini sofreu um duro golpe para seus planos de voltar a governar o país, com a derrota do seu partido em eleições regionais realizadas neste domingo.

De acordo com os primeiros resultados parciais, a candidata da Liga perdeu para a centro-esquerda nas eleições regionais da Emilia Romana (norte), nas quais Salvini aspirava a derrubar o governo e pedir eleições antecipadas.

O atual presidente da região, Stefano Bonaccini, do Partido Democrático (esquerda), supera 50% dos votos, enquanto a candidata da Liga, Lucia Borgonzoni, alcança 43%.

"Ganhamos sem tanto alarde", festejou Bonaccini, cujo estilo sóbrio e moderado foi premiado em comparação ao de Salvini, arrogante e agressivo.

O resultado na Emilia Romana é crucial para a frágil coalizão que governa a Itália, formada pelo PD e pelo Movimento 5 Estrelas, que temia que uma vitória da extrema-direita neste reduto da centro-esquerda provocasse a queda do governo, informa a AFP.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247