Farmácias do Reino Unido passam a aplicar vacina contra coronavírus na população

Seis unidades-piloto iniciaram a vacinação, segundo o Serviço Nacional de Saúde (NHS). Primeiro-ministro, Boris Johnson, afirmou que centenas de farmácias vão começar a vacinar a população até o fim do mês

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Farmácias comunitárias do Reino Unido começaram a aplicar vacina contra a COVID-19 nesta quinta-feira (14), como parte de estratégia para acelerar a imunização no país.

Seis unidades-piloto iniciaram a vacinação, segundo anunciou o Serviço Nacional de Saúde (NHS). Além disso, grandes redes como Boots e Superdrug devem participar da campanha de imunização em massa. 

"As equipes de farmácias têm trabalhado arduamente durante a pandemia e, à medida que aceleramos o programa de vacinação, elas desempenham um papel vital na aplicação de vacinas que salvam vidas em suas comunidades", disse por meio de comunicado o vice-diretor farmacêutico do NHS Inglaterra,  Bruce Warner.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, por sua vez, afirmou pelo Twitter que centenas de farmácias vão começar a vacinar a população até o fim do mês. 

​Hoje, as primeiras farmácias de rua começam a vacinar as pessoas contra o COVID-19. Até o final do mês, teremos centenas de farmácias locais nos ajudando a lançar a vacina em todo o Reino Unido.

Mais de 2,6 milhões de pessoas já receberam a primeira dose de vacinas contra a COVID-19 no Reino Unido, que tem três imunizantes aprovados, da Moderna, da Pfizer e de Oxford. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247