Festa de Ano Novo é cancelada em Caracas

Presidente venezuelano, Hugo Chávez teve complicações após quarta cirurgia contra câncer, realizada em Havana, o que levou a capital a cancelar as celebrações de fim de ano

Festa de Ano Novo é cancelada em Caracas
Festa de Ano Novo é cancelada em Caracas (Foto: Carlos Garcia Rawlins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Opera Mundi - O agravamento do estado de saúde do presidente venezuelano, Hugo Chávez, levou à suspensão nesta segunda-feira (31/12) dos festejos públicos de fim de ano em Caracas. As autoridades da capital cancelaram o tradicional show para encerrar o ano na praça Simón Bolívar e convidaram "as famílias de Caracas e as venezuelanas em geral a esperar o ano novo reunidas em cada lar em uma oração de fé e esperança pela saúde" de Chávez, disse o ministro da Informação, Ernesto Villegas.

A saúde de Chávez apresenta "novas complicações" após a operação à qual foi submetido em Havana em 11 de dezembro contra um câncer, anunciou o vice-presidente Nicolás Maduro no domingo, em uma mensagem transmitida à nação e divulgada por todas as redes de televisão.

As ruas da capital amanheceram tranquilas, de acordo com a agência France Presse. Os jornais dedicaram suas primeiras páginas à notícia: "Presidente tem estado de saúde delicado", traz o Últimas Notícias.

"Maduro: Presidente Chávez apresenta novas complicações", destaca o jornal El Universal. O Ciudad Caracas mancheta: "Chávez enfrenta novas complicações de saúde".

Redes sociais

As hashtags #ForçaChávez, #ChávezViveráeVencerá e #EuAmoChávez acompanhavam centenas de mensagens no Twitter, escritas por membros do alto escalão do governo venezuelano, mas também por cidadãos anônimos.

"Digo aos 4 ventos e hoje mais do que nunca estou convencida de que O TEMPO DE DEUS É PERFEITO. CHÁVEZ, mais uma vez, VENCERÁ", afirmava Teresa Maniglia (@tmaniglia), uma diretora do Imprensa Presidencial.

"#ChávezViveráeVencerá (...) ele é um homem feito do povo! Feito do espírito! Feito da luta! Tem a força para enfrentar todas as tempestades da vida", expressou NeriColmerares (@NeriColmenares).

Doença

O presidente foi operado em 11 de dezembro pela quarta vez para a retirada de um câncer detectado em meados de 2011 e, desde então, o governo informou a conta-gotas sobre a evolução de seu estado de saúde.

"Decidimos permanecer nas próximas horas em Havana acompanhando o comandante e sua família, muito atentos ao processo de evolução", acrescentou no domingo Maduro, em companhia da filha mais velha de Chávez, Rosa Virginia; do ministro da Ciência e Tecnologia e genro do presidente, Jorge Arreaza; e da procuradora da República, Cilia Flores.

"Acreditamos que a avalanche mundial de amor e solidariedade em direção ao comandante Chávez junto a sua imensa vontade de vida e o cuidado dos médicos especialistas ajudarão nosso presidente a travar com êxito esta nova batalha", acrescentou Maduro, que também ocupa o cargo de chanceler.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email