CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Festa nacional francesa é marcada pela morte de mais cinco soldados

Frana lamenta atentado suicida no Afeganisto no dia da comemorao da queda da Bastilha. O ataque aconteceu dois dias depois da visita de Sarkozy ao Pas

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Roberta Namour, correspondente do 247 em Paris – A Queda da Bastilha, no dia 14 de julho de 1789, é considerada um dos fatos mais importantes do início da Revolução Francesa. O evento foi grandiosamente comemorado um ano depois. Desde então, o Dia da Bastilha ou a Festa Nacional, como chamam alguns franceses, se tornou um feriado nacional na França, sendo festejada anualmente. O dia começa com um pomposo desfile na avenida Champs Elysèes, que apresenta à sociedade todo o poderio militar francês, impecávelmente vestido.

Mas esse ano, a festa ficará marcada por outro acontecimento. Um dia após a visita de Nicolas Sarkozy ao Afeganistão, um atentado suicida deixou cinco soldados franceses mortos e outros quatro feridos. O ataque no vale de Tagab foi o pior desde a emboscada do dia 18 de agosto de 2008, que matou 10 militares da França. Será uma cruel réplica dos Talebãns à visita surpresa do presidente francês ?

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Um minuto de silêncio foi feito na Assembleia Nacional, após os elogios do primeiro-ministro François Fillon ao sacrifício dos soldados franceses em combate. Nicolas Sarkozy anunciou a retirada de parte das tropas até o final de 2012.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO