Fogo-amigo da Otan ajuda Kadafi

Tanque rebelde foi acertado por obuz das tropas internacionais; quatro morrem

247 (com agências internacionais) – A Operação Odisséia do Amanhecer cometeu um fiasco nesta sexta-feira 8. Um tanque de guerra dos rebeldes foi acertado por um obuz disparado de um avião militar das tropas internacionais coordenadas pela Otan. Quatro milicianos morreram e 14 ficaram feridos. O blindado ficou seriamente avariado. O ditador Muamar Kadafi, que tem todas as condições de acompanhar as notícias pela internet, pode ter-se divertido bastante. Além da trapalhada fatal, suas tropas vão ganhando terreno no deserto a 200 quilômetros de Benghazi, na luta em torno das maiores refinarias de petróleo da Líbia. Kadafi tem demonstrado grande habilidade para aproveitar as circunstâncias de dificuldades para os rebeldes e vacilação entre a coalizão internacional, que não tem conseguido enviar as armas prometidas aos opositores e, ainda, não vem obtendo o efeito desejado com seus ataques aéreos. O certo é que, neste momento, o ditador líbio está vencendo a guerra.

“Entendemos que houve um erro da Otan, fogo-amigo”, definiu o chefe do Estado Maior rebelde, Abdelfatah Yunes. “Esta é uma guerra, e durante as guerras ocorrem erros. Os que são responsáveis por eles deveriam admitir”. A Otan, porém, não se mostra disposta a, ao menos agora, assumir a barbeiragem. “A situação não é clara, armas mecanizadas viajam em todas as direções”, ressalvou um porta-voz da Organização na base de Nápoles. “Estamos estudando os detalhes específicos desse suposto ataque”.

No sábado 2, as forças da Otan foram acusadas de terem matado outros 15 rebeldes, que atuavam em torno das instalações petrolíferas da cidade de Brega. Por este tipo de erro, e igualmente pelo forte poder de reação demonstrado pelas tropas de Kadafi, os opositores do ditador têm feito críticas abertas à aliança militar. Alguns chegam a dizer aos jornalistas que cobrem o guerra em seu teatro de operações que a Otan está, na prática, apoiando Kadafi ao não incrementar seus ataques – e apurar sua pontaria.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247