França estuda aplicar novas sanções à Rússia

O presidente francês, François Hollande, afirmou neste sábado que a França irá rever sua cooperação militar com a Rússia como parte das sanções de terceiro nível se Moscou não regredir em sua posição quanto à Ucrânia; "Tanto quanto outras sanções, como cooperação militar, esse é um terceiro nível de sanções", disse ele

França estuda aplicar novas sanções à Rússia
França estuda aplicar novas sanções à Rússia (Foto: POOL)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PARIS, 15 Mar (Reuters) - O presidente francês, François Hollande, afirmou neste sábado que a França irá rever sua cooperação militar com a Rússia como parte das sanções de terceiro nível se Moscou não regredir em sua posição quanto à Ucrânia.

Na segunda-feira, os Estados Unidos e a União Europeia devem revelar uma lista de autoridades russas sujeitas a congelamento de ativos e cancelamentos de vistos a nações do Ocidente em uma tentativa de pressionar Moscou depois da intervenção na região ucraniana da Crimeia.

Quando perguntado se suspenderia o contrato de helicópteros de 1,2 bilhão com a Rússia, Hollande afirmou em coletiva de imprensa: "Tanto quanto outras sanções, como cooperação militar, esse é um terceiro nível de sanções".

(Reportagem de John Irish, Chine Labbe e Elizabeth Pineau)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email