França registra 4 mortes e 54 casos de complicações cardíacas relacionadas ao uso de cloroquina

O centro de farmacovigilância Nice-Alpes-Côte-d'Azur, da França, registrou desde 27 de março 54 casos de problemas cardíacos, incluindo quatro fatais, relacionados à ingestão de hidroxicloroquina para tratar o Covid-19

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O centro de farmacovigilância Nice-Alpes-Côte-d'Azur, da França, registrou desde 27 de março 54 casos de problemas cardíacos, incluindo quatro fatais, relacionados à ingestão de hidroxicloroquina para tratar o Covid-19. 

"Exceto no contexto de ensaios clínicos que permitam avaliar esse medicamento ou, no caso de pacientes internados em estado grave com a concordância colegial dos médicos, ele não deve ser prescrito", avalia o cardiologista Milou-Daniel Drici, segundo jornal francês Le Parisien

O presidente da França, Emmanuel Macron, visitou na quinta-feira a clínica do infectologista Didier Raoult, em Marselha. Raoult foi criticado pela comunidade científica por seus métodos - principalmente a falta de um grupo de controle para estabelecer uma referência para o sucesso de seus tratamentos experimentais.

O pesquisador diz que não há necessidade de colocar um grupo de pacientes em uso de placebo para tirar conclusões sobre se o tratamento que ele está promovendo é eficaz.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247