Frota russa afirma que não há ultimato na Crimeia

Informação é da agência de notícias Interfax, que cita um oficial no quartel-general; antes, notícia era de que frota do Mar Negro do país de Vladimir Putin havia dado até as 5h de terça-feira (meia-noite, no horário de Brasília) para as forças ucranianas na Crimeia se renderem ou enfrentariam um ataque militar

Informação é da agência de notícias Interfax, que cita um oficial no quartel-general; antes, notícia era de que frota do Mar Negro do país de Vladimir Putin havia dado até as 5h de terça-feira (meia-noite, no horário de Brasília) para as forças ucranianas na Crimeia se renderem ou enfrentariam um ataque militar
Informação é da agência de notícias Interfax, que cita um oficial no quartel-general; antes, notícia era de que frota do Mar Negro do país de Vladimir Putin havia dado até as 5h de terça-feira (meia-noite, no horário de Brasília) para as forças ucranianas na Crimeia se renderem ou enfrentariam um ataque militar (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

MOSCOU, 3 Mar (Reuters) - A Frota do Mar Negro da Rússia não emitiu nenhum ultimato às forças ucranianas na Crimeia para se renderem até as 5h de terça-feira (meia-noite no horário de Brasília) ou enfrentarem um ataque, informou a agência de notícias Interfax citando um oficial no quartel-general da frota.

A Frota do Mar Negro russa tem uma base na Crimeia e Moscou efetivamente estabeleceu o controle sobre a península, que é parte da Ucrânia.

Mais cedo, a Interfax havia citado uma fonte anônima no Ministério da Defesa ucraniano segundo a qual um prazo final para a rendição havia sido determinado pelo comandante da Frota do Mar Negro.

Segundo a fonte do quartel-general citada agora pela Interfax, nenhum ataque foi planejado, acrescentando que "isso é um completo absurdo".

(Reportagem de Gabriela Baczynska)

Abaixo, reportagem anterior da Reuters sobre a ameaça:

KIEV (Reuters) - A Frota do Mar Negro da Rússia deu até as 5h de terça-feira (meia-noite, no horário de Brasília) para as forças ucranianas na Crimeia se renderem ou enfrentarão um ataque militar, informou a agência de notícias Interfax, citando uma fonte do Ministério da Defesa da Ucrânia.

O ultimato, disse a Interfax, foi apresentado por Alexander Vitko, comandante da frota.

O ministério não confirmou imediatamente o relato e não houve comentário imediato da Frota do Mar Negro, que tem uma base na Crimeia, onde forças russas estão no controle.

"Se eles não se renderem antes das 5h de amanhã, um ataque real será iniciado contra as unidades e divisões das forças armadas por toda a Crimeia", disse a agência citando a fonte do ministério.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email