G20 isola Trump e Bolsonaro e diz que Acordo do Clima é irreversível

"É irreversível e comprometem-se com sua plena implementação, refletindo responsabilidades comuns à luz de diferentes circunstâncias nacionais. Continuaremos a enfrentar as mudanças climáticas, promovendo o desenvolvimento sustentável e o crescimento econômico”, diz o texto divulgado após o evento; mesmo com posicionamento, EUA confirmam saída do Acordo de Paris e se isolam com Bolsonaro entre os líderes que rejeitam o acordo

G20 isola Trump e Bolsonaro e diz que Acordo do Clima é irreversível
G20 isola Trump e Bolsonaro e diz que Acordo do Clima é irreversível (Foto: Cesar Itiberê/PR)

247 - Líderes do grupo que reúne os países com as maiores economias do mundo mais a União Europeia, o G20, chegaram a um acordo sobre mudanças climáticas na tarde deste sábado (1), último dia do encontro, quando as resoluções são publicadas. A posição do grupo isolam ainda mais o presidente americano Donald Trump e seu mais recente aliado, o presidente eleito Jair Bolsonaro, que reiteram saída do Acordo de Paris.

O documento publicado ao final da reunião afirma que os signatários do Acordo de Paris, como o Brasil, que também aderiram ao Plano de Ação de Hamburgo, reafirmam que o pacto global do clima “é irreversível e comprometem-se com sua plena implementação, refletindo responsabilidades comuns à luz de diferentes circunstâncias nacionais. Continuaremos a enfrentar as mudanças climáticas, promovendo o desenvolvimento sustentável e o crescimento econômico”, diz o texto divulgado.

O texto reitera ainda que os EUA sairão do Acordo e “afirmam seu forte compromisso com o crescimento econômico e acesso à energia e segurança, utilizando todas as fontes de energia e tecnologias, protegendo o meio ambiente".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247