Guga Chacra: só o rei saudita nomeou o filho embaixador

O deputado Eduardo Bolsonaro não estudou no Instituto Rio Branco, que prepara o corpo diplomático brasileiro. Tampouco cursou universidades de prestígio na área de Relações Internacionais, como Georgetown. Nunca serviu no exterior e tem pouquíssima experiência na área, diz o jornalista

Guga Chacra ironiza Bolsonaro: é esquerdista?
Guga Chacra ironiza Bolsonaro: é esquerdista?

247 – O jornalista Guga Chacra criticou Jair Bolsonaro por presentear seu filho Eduardo, o 03, com a embaixada do Brasil em Washington. "As principais democracias do mundo costumam indicar diplomatas de carreira e experientes para ocupar o posto de embaixador em Washington e em outras Embaixadas de peso. Os EUA se diferem neste sentido porque presidentes costumam nomear doadores de campanha e outras pessoas com experiência em outras áreas para postos na Europa, por exemplo. Mas jamais um filho de presidente", diz ele, em artigo publicado no Globo.

"No caso da Arábia Saudita, Khalid bin Salman bin Abdulaziz Al Saud ocupou o cargo entre 2017 e 2019. Sua nomeação, na realidade, foi determinada não pelo seu pai, mas pelo seu irmão, Mohammad bin Salman, príncipe herdeiro e ditador de fato da Arábia Saudita", lembra Guga.

"O Brasil, historicamente, costuma enviar os melhores nomes do Itamaraty para Washington. São diplomatas que serviram em postos importantes ao redor do mundo, como Londres, Buenos Aires e a missão da ONU em Nova York. O deputado Eduardo Bolsonaro não estudou no Instituto Rio Branco, que prepara o corpo diplomático brasileiro. Tampouco cursou universidades de prestígio na área de Relações Internacionais, como Georgetown. Nunca serviu no exterior e tem pouquíssima experiência na área", pontua o jornalista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247