Guru da extrema direita, Bannon poderá pegar até 20 anos de prisão

Guru da extrema direita mundial e do bolsonarismo, Steve Bannon foi preso nesta quinta-feira (20) foi indiciado pelos crimes de fraude eletrônica e conspiração para lavagem de dinheiro, podendo pegar até 20 anos de prisão por cada uma das acusações

www.brasil247.com - Steve Bannon
Steve Bannon (Foto: Reuters)


247 - O guru da extrema direita mundial e também do bolsonarismo, Steve Bannon, que foi preso nesta quinta-feira (20) por fraudes na arrecadação de recursos eleitorais, poderá pegar até 20 anos de cadeia por cada um dos crimes dos quais ele é acusado pela Justiça norte-americana. Bannon foi indiciado pelos crimes de fraude eletrônica e conspiração para lavagem de dinheiro.

De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, Bannon, juntamente com outros três auxiliares teria desviado recursos de um fundo chamado We Build the Wall [Nós Construímos o Muro], que angariava recursos para ajudar o presidente Donald Trump a construir um muro na fronteira com o México, uma das principais promessas da campanha que elegeu o republicano, quatro anos atrás. 

Conforme a promotoria, a campanha teria arrecadado mais de US$ US$ 25 milhões e Bannon teria desviado parte dos recursos para cobrir despesas pessoais. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247 e assista ao boletim sobre o assunto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email