Haddad: golpe de Trump pode assanhar fascistas em todo o mundo

Um alerta de Fernando Haddad: se Trump perder e der o golpe, “os fascistas vão se assanhar em todo mundo”

(Foto: REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Fernando Haddad alertou na manhã desta terça-feira (3) para a possibilidade de um golpe de Estado de Donald Trump, que está ameaçando não entregar a Presidência para Joe Biden mesmo perdendo as eleições: “Por ação ou omissão deixam um fascista chegar ao poder. Depois, veem a dificuldade de tirá-lo por meios democráticos. O pior cenário é Trump perder e ficar. Os fascistas vão se assanhar em todo mundo”

Para Haddad, se Trump vencer, “o problema permanece sem solução por mais quatro anos”.

Leia:


O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, reagiu nesta segunda-feira (2) à notícia do portal político americano Axios divulgada neste domingo (1º), de que Donald Trump teria dito a confidentes que se declararia reeleito se os primeiros resultados da eleição, nesta terça-feira (3), o mostrassem “à frente”.

“Minha resposta é que o presidente não irá roubar esta eleição”, declarou Biden, questionado sobre a notícia publicada. O candidato do Partido Democrata aparece na frente na média das pesquisas deste domingo (2). 

Já Trump, nesta segunda, afirmou a apoiadores em discurso na Carolina do Norte – um dos “estados-pêndulo” que podem definir a eleição: “vamos ganhar mais quatro anos na Casa Branca”.

O presidente também soltou uma série de tuítes nesta segunda, voltando a acusar seu rival de ser apoiado por “cada uma das forças corruptas que traíram e feriram” os americanos, incluindo “desordeiros, saqueadores, marxistas e extremistas de esquerda”. Também disse que os chineses serão “donos” dos EUA se Biden se eleger.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247