HOME > Mundo

Hezbollah afirma que a Operação Inundação Al-Aqsa é uma resposta decisiva à ocupação israelense

Movimento armado declarou qua a operação é "vitoriosa". Pelo menos 22 israelenses foram mortos

Hezbollah (Foto: Reuters)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O movimento armado libanês Hezbollah parabenizou o povo palestino e os combatentes da Resistência Palestina, especialmente as Brigadas Al-Qassam e o movimento Hamas, pela "operação em grande escala, heroica, coroada com vitória, apoio divino e a promessa de uma vitória final e abrangente" em curso em Israel. 

Segundo informações do Al Mayadeen, horas depois de a Resistência Palestina lançar a Operação Inundação Al-Aqsa, o Hezbollah declarou em um comunicado que esta operação vitoriosa é uma resposta decisiva aos crimes persistentes da ocupação e suas contínuas violações, reiterando o compromisso do povo palestino e confirmando que a resistência é a única opção diante da agressão e ocupação.

O comunicado enfatizou que a operação é "uma mensagem para o mundo árabe e islâmico e para a comunidade internacional como um todo, especialmente para aqueles que buscam normalização com esse inimigo, que a causa palestina está muito viva, e não morrerá até a vitória e libertação."

Pelo menos 22 israelenses foram mortos nos ataques maciços de foguetes e nos intensos confrontos entre as forças armadas do governo e os combatentes do HAMAS desde o início do dia na operação Operação Inundação Al-Aqsa contra os territórios palestinos ocupados, conforme anunciaram os serviços de emergência israelenses.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta manhã que seu país está em guerra e afirmou que "o inimigo pagará um preço que nunca viu". Os Estados Unidos classificaram a ação militar palestina como terrorismo

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: