Irã promete resposta ao plano dos EUA de estender o embargo de armas

O Ministério das Relações Exteriores do Irã alertou que a República Islâmica dará uma resposta ao plano "ilegítimo" dos EUA de estender o embargo de armas a Teerã. "O Irã não está tentando sair do acordo nuclear de 2015. A medida dos EUA é ilegítima e nossa reação será proporcional", disse Abbas Mousaví, porta-voz da Chancelaria persa

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Irã considera que os esforços dos EUA para estender o embargo de armas do Conselho de Segurança da ONU a Teerã são ilegítimos, anunciou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país, Abbás Mousaví, em entrevista coletiva.

Na quinta-feira passada, os EUA manifestaram a expectativa de que o Conselho de Segurança da ONU estenda o embargo de armas ao Irã antes de expirar em outubro próximo.

De acordo com um documento da Casa Branca, enviado na semana passada a aliados americanos na Europa, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, os Estados Unidos. buscam estender o embargo convencional de armas imposto ao Irã, vinculado ao acordo nuclear assinado por Teerã em 2015, do qual os EUA ele se retiraram há quase dois anos atrás, informa Russia Today.

O documento afirma que Teerã "não fornecerá, venderá ou transferirá, direta ou indiretamente, de seu território, através de seus cidadãos ou usando navios ou aviões de bandeira, qualquer arma ou material relacionado".

Além disso, o texto declara que "todos os Estados membros da [ONU] proibirão a aquisição de tais artigos do Irã por seus cidadãos ou usarão navios ou aeronaves de bandeira, sejam eles originários ou não do território iraniano".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247