Israel aumenta dispositvo militar em Golã; Síria reforça defesa

O exército da Síria reforçou suas defesas anti-aéreas em localidades próximas às Colinas de Golã, território ocupado por Israel, depois que Tel Aviv deslocou para lá 10 mil soldados, segundo informações do canal de TV Al-Manar

Manifestantes palestinos durante protesto na fronteira entre Israel e Gaza 15/05/2018 REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa
Manifestantes palestinos durante protesto na fronteira entre Israel e Gaza 15/05/2018 REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa (Foto: Reinaldo)

247, com Prensa Latina - Citando fontes militares, Al-Manar diz que o aumento de tropas de Israel nas Colinas de Golã, no sudoeste sírio, coincide com o anúncio das tropas governamentais sírias de que lançarão em breve uma poderosa ofensiva contra grupos terroristas no sul do país.

Para o desenvolvimento da nova campanha militar antiterrorista nas províncias de Deraa e Sueida, o exército sírio instalou nesses territórios milhares de efetivos equipados com tanques de guerra, metralhadoras pesadas e outros armamentos.

Nos últimos meses, a aviação israelense, que viola sistematicamente o espaço aéreo libanês, atacou objetivos militares no território sírio, ações que foram repelidas pelas defesas anti-aéreas locais.

A Síria denunciou repetidas vezes perante o Conselho de Segurança das Nações Unidas os criminosos ataques militares realizados por Israel, país aliado dos Estados Unidos, contra suas forças armadas e outros alvos.

Em recente entrevista concedida a um canal de TV iraniano, o presidente sírio, Bashar Al-Asaad, denunciou que Israel faz bombardeios com mísseis para apoiar os grupos terroristas que atuam em áreas desse país árabe.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247