CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Israel e Palestina: passo adiante rumo à paz

Israel liberta hoje 550 prisioneiros palestinos, como parte do acordo com militantes do Hamas; no total, so mais de mil presos colocados em liberdade desde outubro; premi israelense Benjamin Netanyahu busca sintonia com presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas

Israel e Palestina: passo adiante rumo à paz (Foto: DIVULGAÇÃO)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247, com Agência Estado - Israel liberta neste domingo 550 prisioneiros palestinos, na segunda e última parte de um acordo com os militantes do Hamas. Por esse termo, um soldado israelense mantido em cativeiro por cino anos foi trocado por um total de 1.027 prisioneiros. O sargento Gilad Schalit foi capturado pelos militantes da Faixa de Gaza em junho de 2006. Schalit voltou para casa em outubro, quando Israel libertou a primeira leva de 477 prisioneiros. A operação deste fim de semana completa o acordo.

Funcionários da prisão informaram que os prisioneiros que estão sendo libertados neste domingo possuem sentenças leves ou estão perto do fim de sua condenação. Apenas 41 irão retornar para Gaza. Mais de 500 serão enviados para a Cisjordânia, que é governada pelo presidente Mahmoud Abbas, do movimento Fatah, rival do Hamas. Estima-se que muitos dos prisioneiros libertados na atual leva tenham ligações com Abbas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Israel tem interesse em apoiar Abbas em um momento em que grupos islâmicos, como o Hamas, estão aumentando seu poder em todo Oriente Médio. Ao contrário do Hamas, Abbas apoia um acordo pacífico com Israel. O próprio premiê israelense, Benjamin Netanyahu, disse que os palestinos precisam primeiro obter a paz com os israelenses para que, em um próximo passo,peçam o reconhecimento do Estado palestino.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO