Já são 37 os mortos em tempestades nos EUA

Uma srie de tempestades violentas que atingiram pequenas cidades no Estado de Indiana (EUA) e comunidades rurais em Kentucky; autoridades locais temem que o nmero de mortos possa aumentar medida que as buscas por sobreviventes avancem

Já são 37 os mortos em tempestades nos EUA
Já são 37 os mortos em tempestades nos EUA (Foto: Aaron Bernstein/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Uma série de tempestades violentas que atingiram pequenas cidades no Estado de Indiana (EUA) e comunidades rurais em Kentucky mataram pelo menos 37 pessoas em quatro Estados. As autoridades locais temem que o número de mortos possa aumentar à medida que as buscas por sobreviventes avancem.

As tempestades ocorridas na maioria das cidades ao longo dos Estados de Indiana e Kentucky foram previstas por meteorologistas durante dias e provocaram dezenas de tornados, enquanto avançaram da Costa do Golfo para os Grandes Lagos.

Os ciclones destruíram blocos inteiros de casas, linhas de celulares, telefonia fixa e energia, além de arremessar carros, ônibus escolares e caminhões, deixando as estradas intransitáveis devido aos escombros. Além de ter colocado milhões de pessoas em risco, a escala de devastação e a amplitude das tempestades que deixaram mortos nos Alabama, Indiana, Kentacky e Ohio tornou a imediata avaliação da extensão total da destruição quase impossível.

No Estado do Kentucky, a Guarda Nacional e a polícia estadual buscam entre os destroços um número desconhecido de desaparecidos. Em Indiana, as autoridades do condado procuram estradas que ligam as comunidades rurais que, segundo funcionários, "desapareceram completamente".

Novas tempestades violentas são esperadas na região para a noite deste sábado, informou o porta-voz do Departamento de Administração de Emergências do Estado do Kentucky, Buddy Rogers. "Ficamos sempre mais preocupados com tempestades que ocorrem durante a noite, porque as pessoas não conseguem ver sua aproximação", disse Rogers.

Ele afirmou, entretanto, que a população já havia sido alertada para essa nova série de tempestades após os tornados que atingiram partes dos dois Estados na quarta-feira passada, quando oito pessoas foram hospitalizadas sem ferimentos graves.

Tornados foram registrados em pelo menos seis cidades e vilas do Estado de Ohio, incluindo a vila de Moscow, onde o membro do Conselho foi encontrado morto em sua casa e outras três pessoas podem ter morrido. Centenas de casas ficaram danificadas, e na cidade de Clermont as autoridades decretaram estado de calamidade pela primeira vez em 15 anos. No Alabama, pelo menos uma pessoa morreu em decorrência das tempestades.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email