Japão despejará material radioativo de Fukushima no mar

A decisão, que ainda não possui um prazo, já sofre oposição de pescadores da região e pode causar conflitos com países vizinhos

Usina de Fukushima (Foto: KYODO Kyodo / Reuters)
Usina de Fukushima (Foto: KYODO Kyodo / Reuters) (Foto: � KYODO Kyodo / Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo do Japão anunciou nesta sexta-feira (16) um plano para despejar o material radioativo remanescente do desastre em 2011 no mar. O anúncio oficial ainda será feito até o final do mês, segundo informações da agência de notícias Kyodo.

A Tokyo Electric Power Company, empresa distribuidora de energia em Tóquio, coletou em torno de um milhão de toneladas de água contaminada que precisam ser descartadas de alguma forma. No entanto, a decisão de despejar o material no mar levantou preocupação entre os pescadores da região, que disseram que a medida mancharia a reputação da classe.

Como reportado na Al Jazeera, a Coreia do Sul parou de importar frutos do mar originários da região de Fukushima.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247