Julgamento de Benjamin Netanyahu por corrupção é adiado

O julgamento do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, foi adiado sem data de retomada. Ele é acusado de corrupção

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu (Foto: Oded Balilty/Pool via Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chamou de "ridículas" as acusações de corrupção contra ele, no primeiro dia de seu julgamento em Jerusalém, que foi adiado sem previsão de retomada.

Durante a audiência de uma hora neste domingo (24), os advogados do primeiro-ministro pediram vários meses para estudar as provas, enquanto a Promotoria solicitou que as testemunhas fossem ouvidas rapidamente, informa a AFP.
 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247