Justiça do Equador ordena captura imediata de Rafael Correa

O ex-presidente do Equador, Rafael Correa, que vive na Bélgica, foi condenado a oito anos de prisão e agora está no alvo de uma ordem de captura. Correa é mais um líder da esquerda latino-americana vitimado pelo lawfare que caracteriza a estratégia golpista

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Justiça do Equador ordenou nesta quarta-feira (23) a captura do ex-presidente Rafael Correa. Ele foi julgado à revelia e condenado a oito anos de prisão por corrupção.

Vítima de lawfare, Correa, que vive na Bélgica, tem agora contra si uma ordem de captura imediata. A resolução prevê a execução imediata da decisão e inclui a desqualificação vitalícia de Correa para ocupar cargos conquistados via eleição popular, o que impede definitivamente sua participação na eleição de fevereiro de 2021.

Ele havia anunciado a entrada na disputa como candidato a vice na chapa encabeçada por Andrés Araus, pela coalizão União Nacional para a Esperança (UNES), informa a Folha de S.Paulo

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email