Letônia insta Otan a permitir que Ucrânia ataque território russo, diz Bloomberg

A Letônia, assim como outros países bálticos, segue em defesa de Kiev no conflito contra Moscou

www.brasil247.com - Sede da Otan em Bruxelas
Sede da Otan em Bruxelas (Foto: REUTERS/Yves Herman/)


Sputnik - O ministro das Relações Exteriores da Letônia, Edgars Rinkevics, instou a Otan a "permitir" que a Ucrânia use seu armamento fornecido pelo Ocidente para atacar o território russo.

Durante entrevista à Bloomberg, o diplomata destacou que o armamento deve ser usado para atacar locais usados pela Rússia para realizar ataques com mísseis contra a infraestrutura crítica da Ucrânia.

"Devemos permitir que os ucranianos usem armas para atingir depósitos de mísseis ou aeródromos de onde estas operações estão sendo lançadas", afirmou.

Além disso, o diplomata ignorou os avisos de Moscou sobre o constante fornecimento de armas ocidentais a Kiev, que poderia resultar em um conflito direto entre a aliança liderada pelos EUA e a Rússia, e instou o bloco a "não temer" uma possível escalada.

A Letônia, assim como outros países bálticos, segue em defesa de Kiev no conflito contra Moscou, e recentemente Rinkevics se encontrou com representantes da Lituânia, Estônia, Finlândia, Suécia, Noruega e Islândia.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247