Líder da Federação de Mineiros da Bolívia morre vítima de atentado de opositores ao MAS

Jornais da Bolívia atribuíram o atentando conta o secretário executivo da Federação Sindical de Trabalhadores Mineiros da Bolívia (FSTMB), Orlando Gutiérrez, a pessoas que fazem oposição ao Movimento pelo Socialismo (MAS), do novo presidente eleito do país, Luis Arce

Orlando Gutiérrez
Orlando Gutiérrez (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário executivo da Federação Sindical de Trabalhadores Mineiros da Bolívia (FSTMB), Orlando Gutiérrez, morreu nesta quarta-feira (28) após sofrer um atentado na última semana. De acordo com jornais locais, como o La Razón, atribuíram a autoria do atentado a pessoas que fazem oposição ao Movimento pelo Socialismo (MAS), partido de Evo Morales e do novo presidente eleito do país, Luis Arce.

"Expresso meu profundo pesar pela partida física do irmão Carlos Orlando Gutiérrez Luna (Q.E.P.D.)", afirmou Luis Arce no Twitter. "Grande dirigente mineiro que sempre defendeu os interesses do povo boliviano. Minha solidariedade com a família neste difícil momento, os acompanhamos em sua dor", acrescentou.

Morales também se pronunciou. "Com profunda dor, tomei conhecimento sobre o falecimento do companheiro Orlando Gutiérrez, um jovem, valente e comprometido dirigente mineiro da histórica FSTMB e militante do ‘Proceso de Cambio’. Meus pêsames e solidariedade com sua família", disse. 


O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247