Líder supremo do Irã prevê 'vingança divina' contra Arábia Saudita

"O sangue derramado injustamente deste mártir vai, sem dúvida, em breve mostrar seus efeitos e a divina vingança cairá sobre os políticos sauditas", disse o aiatolá Ali Khamenei, após a execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr por autoridades sauditas, que desencadeou reações violentas no Irã, onde a embaixada da Arábia Saudita foi incendiada

"O sangue derramado injustamente deste mártir vai, sem dúvida, em breve mostrar seus efeitos e a divina vingança cairá sobre os políticos sauditas", disse o aiatolá Ali Khamenei, após a execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr por autoridades sauditas, que desencadeou reações violentas no Irã, onde a embaixada da Arábia Saudita foi incendiada
"O sangue derramado injustamente deste mártir vai, sem dúvida, em breve mostrar seus efeitos e a divina vingança cairá sobre os políticos sauditas", disse o aiatolá Ali Khamenei, após a execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr por autoridades sauditas, que desencadeou reações violentas no Irã, onde a embaixada da Arábia Saudita foi incendiada (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

DUBAI (Reuters) - O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse neste domingo que os políticos da Arábia Saudita enfrentariam castigo divino pela execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr no sábado.

"O sangue derramado injustamente deste mártir vai, sem dúvida, em breve mostrar seus efeitos e a divina vingança cairá sobre os políticos sauditas", disse Khamenei, segundo reportou a TV estatal iraniana.

A Arábia Saudita executou o clérigo e três outros xiitas juntamente com dezenas de membros da al Qaeda no sábado, sinalizando que não vai tolerar ataques nem de jihadistas sunitas ou de membros da minoria xiita.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247