López Obrador, o ‘Lula mexicano’, está próximo da vitória nas eleições

O político mais conhecido da esquerda progressista mexicana está na iminência de finalmente vencer a eleição presidencial em um país-chave para a geopolítica do continente; hostilizado pelo empresariado e depois de duas derrotas consecutivas, Obrador chega forte na reta final da campanha

O político mais conhecido da esquerda progressista mexicana está na iminência de finalmente vencer a eleição presidencial em um país-chave para a geopolítica do continente; hostilizado pelo empresariado e depois de duas derrotas consecutivas, Obrador chega forte na reta final da campanha
O político mais conhecido da esquerda progressista mexicana está na iminência de finalmente vencer a eleição presidencial em um país-chave para a geopolítica do continente; hostilizado pelo empresariado e depois de duas derrotas consecutivas, Obrador chega forte na reta final da campanha (Foto: Gustavo Conde)

247 – O político mais conhecido da esquerda progressista mexicana está na iminência de finalmente vencer a eleição presidencial em um país-chave para a geopolítica do continente. Hostilizado pelo empresariado e depois de duas derrotas consecutivas, Obrador chega forte na reta final da campanha.

“É irresistível a tentação de comparar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o mexicano Andrés Manuel López Obrador, mesmo com a inescapável ressalva de que nunca é possível transpor automática e completamente situações de um país para outro, de um líder político para outro. Mas as coincidências chamam a atenção. A primeira delas: a obsessão em ser presidente da República. Lula tentou três vezes, fracassou em todas, mas não desistiu. Elegeu-se na quarta tentativa e reelegeu-se na quinta.

López Obrador, mais conhecido pelo acrônimo AMLO, perdeu nas duas primeiras vezes em que se candidatou à Presidência do México. Também não desistiu e, agora, é o franco favorito para ganhar a eleição deste domingo (1º). Favorito não só pelo que dizem as pesquisas mas também pelo virtual consenso dos analistas políticos. Mas uma segunda coincidência é mais relevante: ambos são o "flagelo" dos mercados e do mundo empresarial, para usar o rótulo que a agência Reuters sapecou em AMLO nesta terça-feira (26)."

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247