Lula e Zelensky participam de sessão conjunta na cúpula do G7 em Hiroshima

A despeito do encontro, o Brasil mantém sua posição de neutralidade na guerra

Zelensky e Lula
Zelensky e Lula (Foto: REUTERS/Valentyn Ogirenko | Ricardo Stuckert)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, participam da sessão de trabalho "Rumo a um mundo pacífico, estável e próspero" no evento do G7 em Hiroshima. O encontro busca discutir caminhos para um mundo mais pacífico e próspero e o Brasil foi pressionado a participar de um encontro com Zelensky.

No entanto, é importante destacar que o Brasil manteve sua posição de neutralidade em relação ao conflito na Ucrânia, optando por não se envolver diretamente nas disputas e mantendo-se como um mediador imparcial. O presidente Lula tem ressaltado que a política externa brasileira é pautada na defesa da paz e na busca por soluções diplomáticas.

continua após o anúncio

O governo brasileiro, por sua vez, tem reafirmado seu compromisso com a neutralidade e ressaltou a importância de buscar soluções pacíficas e negociadas para o conflito, em conformidade com os princípios da não intervenção e autodeterminação dos povos.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247