Maduro diz que Guaidó é instrumento dos Estados Unidos

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse o deputado Juan Guaidó representa um instrumento circunstancial utilizado pelo governo dos Estados Unidos para realizar suas ações intervencionistas no país; durante uma entrevista à agência AP, transmitida no domingo (17) pela Rede Venezuelana de Televisão, Maduro disse que além de ser um instrumento colocado pela embaixada dos Estados Unidos, Guaidó também violou a Constituição da República

Maduro diz que Guaidó é instrumento dos Estados Unidos
Maduro diz que Guaidó é instrumento dos Estados Unidos (Foto: REUTERS/Manaure Quintero)

247, com AVN - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse o deputado Juan Guaidó representa um instrumento circunstancial utilizado pelo governo dos Estados Unidos para realizar suas ações intervencionistas no país.

Durante uma entrevista à agência AP, transmitida no domingo (17) pela Rede Venezuelana de Televisão, Maduro disse que além de ser um instrumento colocado pela embaixada dos Estados Unidos, Guaidó também violou a Constituição da República .

"Ele violou a Constituição, diversas leis, ele é maior de idade e sabe as responsabilidades legais que tem. Na Venezuela há um Poder Judiciário, existe um Ministério Público, um Ministério Público, devemos respeitar a legalidade interna ", disse Maduro.

O presidente venezuelano reiterou o apelo ao diálogo com os setores da oposição, pelo entendimento e a paz.

"Nós temos experiência, estou pronto para um diálogo onde todos os partidos políticos da oposição, todos os líderes da oposição, todos os líderes políticos conversem. Podem incluir quem quiserem em suas delegações para as conversas. Estou disposto a fazer todos os sacrifícios pela paz", disse.

Sobre a entrada de uma suposta "ajuda humanitária" ao país, Maduro denunciou a demanda como uma campanha política tendenciosa que obedece a uma guerra política e midiática para humilhar os venezuelanos.

"Donald Trump ajudando o mundo, você imagina isso? Não. Trata-se de uma campanha midiática e política, para humilhar os venezuelanos. A Venezuela tem que resolver seus problemas através do trabalho, da produção", disse ele.

Nesse sentido, explicou que a nação sul-americana recebe ajuda humanitária permanente da Organização das Nações Unidas (ONU) para garantir a entrada de medicamentos e alimentos no país. "Em um plano não politizado, em um plano que não é um espetáculo".

Sobre a entrada desses produtos no território venezuelano, Maduro explicou que existem regulamentações no país que devem ser respeitadas ao receber qualquer importação ou produto e, desta vez, não será diferente.

"Qualquer caminhão que queira entrar, qualquer navio, geralmente tem que solicitar suas autorizações legais e chegar a portos, aeroportos, postos alfandegários, com autorizações legais", enfatizou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247