Maduro pretende comprar armas da Rússia e da China

A Venezuela vai comprar equipamentos militares e armamentos da Rússia e da China para equipar suas forças especiais, incluindo as responsáveis pela segurança pública, revelou à AFP o presidente venezuelano Nicolás Maduro

Nicolas Maduro
Nicolas Maduro (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Sputinik

A Venezuela vai comprar equipamentos militares e armamentos da Rússia e da China para equipar suas forças especiais, incluindo as responsáveis pela segurança pública, revelou à AFP o presidente venezuelano Nicolás Maduro.

Segundo ele, dentro de pouco tempo o ministro da Defesa do país visitará Rússia e China para firmar os respectivos acordos de compra.

Maduro explicou que as armas e os equipamentos em questão serão igualmente usados pelas forças de reação rápida da Venezuela.

O líder venezuelano exige que os militares do país evitem novos tumultos e saques, como os que aconteceram durante protestos dos dias 16-18 de dezembro, provocados pela decisão do governo de retirar de circulação a cédula de 100 bolívares.

Maduro acusou “especuladores colombianos” e “grupos armados” pela morte de quatro pessoas e pelos saques a centenas de lojas que tiveram lugar naquela ocasião.

Mostrar mais: https://br.sputniknews.com/americas/201612287307521-venezueal-compra-armas-russia-china/

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email