Maior doador da campanha republicana é investigado por lavagem de dinheiro

Empresário Sheldon Adelson, que fez fortuna em Las Vegas e apoia Mitt Romney, é também suspeito de ter ligações com o narcotráfico

Maior doador da campanha republicana é investigado por lavagem de dinheiro
Maior doador da campanha republicana é investigado por lavagem de dinheiro (Foto: Divulgação)

Do Opera Mundi – O magnata norte-americano que ganhou sua fortuna em Las Vegas, Sheldon Adelson, está sendo investigado pelas autoridades federais de seu país por um suposto delito fiscal. Adelson é o principal financiador da campanha a favor dos republicanos.

 Sua empresa, a Las Vegas Sands, supostamente violou as leis fiscais ao ocultar a transferência de vários milhões de dólares de procedência duvidosa a seu cassino, segundo noticiou neste domingo o jornal The Wall Street Journal.

Segundo o diário, o governo norte-americano está investigando a gestão que Adelson fez do dinheiro que recebeu há vários anos de um empresário mexicano, que posteriormente foi acusado de tráfico de drogas, e de um executivo californiano, que também foi condenado por receber comissões ilegais. Esta investigação se soma a outra já em curso sobre possíveis subornos do magnata em suas operações com empresários chineses em Macau.

O Departamento de Justiça dos EUA está convencido que nos últimos anos a utilização de cassinos para a lavagem de dinheiro aumentou e, inclusive, poderiam estar sendo utilizados para financiar atividades terroristas.

As autoridades investigam se Adelson manteve os olhos fechados em relação à procedência do dinheiro em questão. O porta-voz da corporação Las Vegas Sands, Ron Rees, declarou ao The Wall Street Journal que sua empresa está colaborando na investigação com as autoridades federais. “A companhia acredita que atuou corretamente e não cometeu nenhum delito”, disse. Ele também negou as acusações de suborno de empresários chineses.

A questão chave para a investigação é averiguar se o cassino tinha capacidade de saber se o dinheiro que traziam certos clientes procedia de atividades ilegais, ou se pelo menos teria que ter suspeitado e avisado às autoridades.

Segundo a legislação norte-americana, as instituições financeiras, mesmo quando desconhecem a fonte do dinheiro que recebem, podem ser processadas se demonstraram uma “cegueira voluntária” ou uma “indiferença flagrante”. Nestes casos, as leis federais se aplicam aos cassinos da mesma maneira que aos bancos.

O empresário de 78 anos é o sétimo homem mais rico dos EUA, segundo a revista Forbes. Seu patrimônio é estimado em quase 25 bilhões de dólares. Em uma entrevista recente,o magnata dos cassinos afirmou que gastaria cerca de 100 milhões de dólares para derrotar o atual presidente norte-americano Barack Obama.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247