Mais de 10 mil voluntários se apresentam para recrutamento em 24h, diz Estado-Maior da Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, decretou a mobilização geral um dia após as regiões decidirem organizar referendos de adesão à Federação da Rússia

www.brasil247.com -
(Foto: © Sputnik / Ramil Citdikov)


Sputnik - Nesta quinta-feira (22), o Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia anunciou que mais de 10 mil reservistas se apresentaram de forma voluntário aos escritórios de alistamento durante o primeiro dia da mobilização parcial.

Os números foram divulgados pelo porta-voz do Diretório Central de Organização e Mobilização do Estado-Maior russo, Vladimir Tsimlyansky, em declaração à mídia russa.

"Durante o primeiro dia da mobilização parcial, mais de 10 mil cidadãos chegaram voluntariamente aos escritórios de registro e alistamento militar, sem esperar por uma intimação", disse.

A declaração vem no dia seguinte ao anúncio do decreto de mobilização geral realizado pelo presidente russo, Vladimir Putin. A decisão do Kremlin ocorreu um dia após as repúblicas populares de Donetsk e Lugansk (RPD e RPL), e das regiões ucranianas de Zaporozhie e Kherson — controladas pela Rússia — de decidirem organizar referendos de adesão à Federação da Rússia. Os referendos serão realizados entre os dias 23 e 27 de setembro.

De acordo com o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, a mobilização parcial no país é motivada pela necessidade de controlar a linha de contato em meio à operação militar especial russa na Ucrânia, que se estende por cerca de 1.000 quilômetros. A medida convoca 1% do potencial de mobilização da Rússia, o equivalente a cerca de 300 mil reservistas.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email