CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Mais dois morrem na Venezuela em barricada

Duas pessoas morreram nesta quinta (6), atingidas por disparos no setor Los Ruices, município de Sucre, estado de Miranda, leste de Caracas; de acordo com o governo venezuelano, um motociclista e um policial foram atingidos por tiros quando retiravam entulhos de uma barricada feita por manifestantes; o mototaxista José Gregorio Amaris e o policial Adner López, da Guarda Nacional Bolivariana, foram atingidos por disparos a partir de um prédio nas proximidades da avenida, que tentavam liberar

Imagem Thumbnail
CARACAS, VENEZUELA - MARCH 02: A fire burns behind a barricade during an anti-government demonstration on March 2, 2014 in Caracas, Venezuela. With one of the highest inflation rates in the world, Venezuela has been in turmoil for almost three weeks as o (Foto: Valter Lima)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Leandra Felipe - Correspondente da Agência Brasil/EBC

Duas pessoas morreram hoje (6), atingidas por disparos no setor Los Ruices, município de Sucre, estado de Miranda, leste de Caracas. De acordo com o governo venezuelano, um motociclista e um policial foram atingidos por tiros quando retiravam entulhos de uma barricada feita por manifestantes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O mototaxista José Gregorio Amaris e o policial Adner López, da Guarda Nacional Bolivariana, foram atingidos por disparos a partir de um prédio nas proximidades da avenida, que tentavam liberar.

"Foram assassinados por francoatiradores, quando limpavam as barricadas colocadas pelo fascismo, e morreram por um só disparo", confirmou o presidente da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Nas redes sociais, usuários contaram que logo de manhã, mototaxistas foram agredidos por moradores dos prédios vizinhos à região em que o guarda e o motociclista foram atingidos.

Também foi confirmada a morte de um policial ontem (5), na cidade de Valencia, capital do estado Carabobo, reduto opositor. Depois das mortes de hoje, subiu para 22 o número de pessoas mortas e para 261 o registro de feridos desde o início da onda de protestos na Venezuela.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO