Manifestantes e militares venezuelanos se enfrentam na fronteira com a Colômbia

Militares venezuelanos entraram em confronto com manifestantes que tentavam cruzar a fronteira com a Colômbia na manhã deste sábado (23); enfrentamento aconteceu em Ureña (Táchira), cujo posto de fronteira foi fechado por decisão do governo de Nicolás Maduro na noite anterior, que receia que o comboio com a "ajuda humanitária" posicionado na região seja utilizado como pretexto para uma intervenção militar patrocinada pelos Estados Unidos

Manifestantes e militares venezuelanos se enfrentam na fronteira com a Colômbia
Manifestantes e militares venezuelanos se enfrentam na fronteira com a Colômbia (Foto: Reuters)

247  - Militares venezuelanos entraram em confronto com manifestantes que tentavam cruzar a fronteira com a Colômbia na manhã deste sábado (23). O confronto aconteceu em Ureña (Táchira), cujo posto de fronteira foi fechado por decisão do governo de Nicolás Maduro na noite anterior, que receia que o comboio com a "ajuda humanitária" posicionado na região seja utilizado como pretexto para uma intervenção militar patrocinada pelos Estados Unidos.

Os militares venezuelanos utilizaram bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha para dispersar os manifestantes que tentavam cruzar a ponte Francisco de Paula Santander, uma das ligações que ligam o estado venezuelano de Táchira ao departamento Norte de Santander, na Colômbia.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247