Manuel Valls renuncia para se candidatar à Presidência da França

Primeiro-ministro Manuel Valls confirmou nesta segunda-feira, 5, que será candidato a presidente da França na eleição do próximo ano e quer unir a esquerda; "Sim, sou candidato à Presidência da República", afirmou Valls em um discurso a simpatizantes em Evry, seu reduto eleitoral, ao sul de Paris; primárias de esquerda acontecem em janeiro, e a eleição presidencial de dois turnos ocorre em abril e maio

Primeiro-ministro da França, Manuel Valls, ao sair de uma reunião no Palácio do Eliseu, em Paris. Valls prometeu nesta segunda-feira promover mais cortes de impostos neste ano, dizendo que o triunfo do partido de extrema direita Frente Nacional nas ele
Primeiro-ministro da França, Manuel Valls, ao sair de uma reunião no Palácio do Eliseu, em Paris. Valls prometeu nesta segunda-feira promover mais cortes de impostos neste ano, dizendo que o triunfo do partido de extrema direita Frente Nacional nas ele (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

EVRY, França (Reuters) - O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, confirmou nesta segunda-feira que será candidato a presidente da França na eleição do próximo ano e quer unir a esquerda.

"Sim, sou candidato à Presidência da República", afirmou Valls em um discurso a simpatizantes em Evry, seu reduto eleitoral, ao sul de Paris.

O anúncio de Valls ocorre após uma votação nas primárias da centro-direita em que François Fillon, um ex-primeiro-ministro de 62 anos, conseguiu uma vitória arrasadora para se tornar o candidato presidencial do partido Les Republicains.

As primárias de esquerda acontecem em janeiro, e a eleição presidencial de dois turnos ocorre em abril e maio.

(Reportagem de Christian Hartmann)

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247