Merkel mantém liderança nas pesquisas a 11 dias das eleições alemãs

A 11 dias das eleições gerais, a chanceler alemã, Angela Merkel, se recusou a participar de um segundo debate televisivo com seu rival social-democrata Martin Schulz, ao mesmo tempo que seu favoritismo por um quarto mandato consecutivo à frente da principal economia europeia se consolida nas pesquisas; Merkel rejeitou o desafio lançado por Schulz para realizar um segundo debate na frente das câmeras, depois que o primeiro debate, realizado em 3 de setembro, sofreu críticas de que muitas questões relevantes permaneceram no papel, algo que a própria chanceler lamentou

German Chancellor Angela Merkel addresses the media during a joint press conference as part of a meeting with Prime Minister of Singapore Lee Hsien Loong at the chancellery in Berlin, Germany, Tuesday, Feb. 3, 2015. (AP Photo/Steffi Loos)
German Chancellor Angela Merkel addresses the media during a joint press conference as part of a meeting with Prime Minister of Singapore Lee Hsien Loong at the chancellery in Berlin, Germany, Tuesday, Feb. 3, 2015. (AP Photo/Steffi Loos) (Foto: Romulo Faro)

Agência Brasil

A 11 dias das eleições gerais, a chanceler alemã, Angela Merkel, se recusou a participar de um segundo debate televisivo com seu rival social-democrata Martin Schulz, ao mesmo tempo que seu favoritismo por um quarto mandato consecutivo à frente da principal economia europeia se consolida nas pesquisas. A informação é da agência Télam.

Merkel, de 63 anos, rejeitou o desafio lançado por Schulz para realizar um segundo debate na frente das câmeras, depois que o primeiro debate, realizado em 3 de setembro, sofreu críticas de que muitas questões relevantes permaneceram no papel, algo que a própria chanceler lamentou.

"Eu concordo totalmente com você que muitas questões-chave, importantes para nosso país, não foram abordadas", disse Schulz em uma carta à chanceler para propor um novo encontro na TV, acrescentando que os cidadãos "merecem um amplo debate" incluindo "questões centrais para o futuro" do país.

Em 24 de setembro próximo, a população alemã escolherá seu novo Parlamento, decidindo, assim, quem governará futuramente o país.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247