Messi critica desigualdade social em entrevista sobre política

O atacante do Barcelona Lionel Messi criticou as desigualdades sociais no mundo, numa entrevista à revista La Garganta Poderosa, divulgada na última quinta-feira

Messi
Messi (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O atacante do Barcelona Lionel Messi criticou as desigualdades sociais no mundo, numa entrevista à revista La Garganta Poderosa, divulgada na última quinta-feira (15). O astro do futebol, que raramente comenta sobre temas políticos, também declarou que sente orgulho da Argentina, seu país. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

"A desigualdade é um dos grandes problemas de nossa sociedade e devemos lutar para corrigi-la o mais rápido possível", disse o capitão, de 33 anos, da seleção argentina. Messi acrescentou que "é fundamental, para quem mais precisa, preservar todos os serviços essenciais em situações como esta pandemia. Água, luz e até alimentos básicos".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247