Mídia chinesa destaca que aumento das viagens no 1º de maio reflete a rápida superação da Covid-19 no país

Os chineses desfrutaram de um feriado de cinco dias por ocasião do 1º de Maio deste ano, o que desencadeou intensa movimentação de viagens. Para a mídia chinesa, isto é reflexo da recuperação do país da Covid-19

Turismo interno na China
Turismo interno na China (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em meados de abril, o provedor de serviços de viagens chinês Trip.com publicou dados de previsão para o feriado de 1º de maio, mostrando que as reservas feitas pelo provedor de serviços tiveram aumentos significativos em muitas áreas de negócios em comparação com os níveis pré-pandêmicos, informa a Xinhua.

Em 14 de abril, as reservas de voos de férias eram 23% maiores do que no mesmo período de 2019, com reservas de hotéis 43%, bilhetes para atrações em 114% e aluguel de carros 126%, de acordo com dados da Trip.com.

O controle efetivo da pandemia e a atitude de apoio das autoridades liberaram o entusiasmo dos viajantes e houve um aumento das viagens. 

Descrevendo o feriado de 1º de maio na China como um estímulo para o turismo doméstico, a mídia chinesa avalia que o feriado de cinco dias foi um estímulo para as economias locais que tinham sido duramente atingidas pela crise de saúde.

Uma onda recorde de turistas chineses pegou estrada para uma viagem no primeiro de maio e houve um frenesi das viagens. 

No sábado (1), o Wuhan Strawberry Music Festival foi realizado na cidade de Wuhan, no centro da China, atraindo milhares de pessoas.

O segundo festival de compras dos cinco dias de maio começou em Xangai no sábado, com dados de pagamento do consumidor em tempo real da China UnionPay, Alipay e Tencent Pay - todas as plataformas de pagamento chinesas - mostrando que os consumidores desembolsaram mais de 2,67 bilhões de dólares no primeiras 24 horas.

De acordo com o State Post Bureau da China, a indústria postal do país entregou mais de 260 milhões de encomendas no sábado, um aumento de quase 30 por cento ano a ano, refletindo o impulso positivo da recuperação econômica da China, particularmente no consumo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email