Militares pedem renúncia de Morales e Bolívia caminha para ditadura

Depois de Evo Morales propor novas eleições para tentar conter um golpe de Estado, o presidente vê as Forças Armadas se voltarem contra ele na Bolívia

Governo de Evo Morales tem 56% de apoio
Governo de Evo Morales tem 56% de apoio
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da revista Fórum – Segundo informações do jornalista Freddy Morales, da rede TeleSUR, as Forças Armadas pediram que o presidente da Bolívia, Evo Morales, renuncie ao cargo na tarde deste domingo (10). Morales foi reeleito ao posto no pleito de 20 de novembro e, desde então, tem visto a oposição mobilizar um golpe contra seu governo.

Com o objetivo de tentar pacificar o país, em conflito desde que a oposição pregou o não-reconhecimento do resultado das urnas que garantiu vitória em primeiro turno para o ex-dirigente sindical cocaleiro, Morales propôs neste domingo a realização de novas eleições gerais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247