CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Mineradores grevistas na África do Sul serão demitidos

É o que informou a empresa operadora de uma mina de platina no país; na semana passada, um enfrentamento entre policiais sul-africanos e grevistas resultou na morte de 34 mineiros

Mineradores grevistas na África do Sul serão demitidos (Foto: SIPHIWE SIBEKO/Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Agência Brasil - A empresa Lonmim, operadora de uma mina de platina na África do Sul, anunciou que vai demitir os funcionários que permanecerem em greve a partir hoje (20). Na semana passada, um enfrentamento entre policiais sul-africanos e grevistas resultou na morte de 34 mineiros. O episódio gerou controvérsia no país.

A empresa informou ter apresentado propostas de reajustes de 17% a 25% aos trabalhadores. Desde o dia 10, há um movimento de paralisação, e cerca de 3 mil funcionários da mina cruzaram os braços. Eles exigem reajuste de salários e melhorias nas condições de trabalho. A Lonmin é a terceira maior produtora de platina do mundo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O governo sul-africano criou uma comissão interministerial de inquérito para investigar as 34 mortes. De acordo com o governo, o primeiro trabalho é apoiar as famílias das vítimas, incluindo apoio para aconselhamento psicológico e os preparativos e custos dos enterros. As atividades da comissão começam hoje (20), em Marikana, onde está a mina da empresa Lonmim.

As mortes ocorreram em meio a conflitos entre os trabalhadores e policiais que tentavam contê-los durante o protesto. Imagens registradas por emissoras de televisão mostram que os trabalhadores foram atacados com armas de fogo, enquanto tentavam se defender com paus e pedras.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO