Morre policial ferido em atentado em Jerusalém

Um policial gravemente ferido no atentado de ontem (18), envolvendo dois palestinos em uma sinagoga de Jerusalém, morreu ao final da noite em hospital da cidade, elevando para sete o número de mortos, incluindo os agressores. Sete pessoas ficaram feridas

Membros do serviço de emergência de Israeli em sinagoga que foi alvo de ataque em Jerusalém. 18/11/2014 REUTERS/Ammar Awad
Membros do serviço de emergência de Israeli em sinagoga que foi alvo de ataque em Jerusalém. 18/11/2014 REUTERS/Ammar Awad (Foto: Gisele Federicce)

Da Agência Lusa

Um policial gravemente ferido no atentado de ontem (18), envolvendo dois palestinos em uma sinagoga de Jerusalém, morreu ao final da noite em hospital da cidade, elevando para sete o número de mortos, incluindo os agressores. Sete pessoas ficaram feridas.

O agente, identificado como Zidan Sif, de 30 anos, foi um dos primeiros policiais a chegar ao local do atentado e foi ferido durante um tiroteio com um dos atacantes, segundo a imprensa local. O funeral do policial, pai de cinco filhos, será hoje (19) na localidade de Yahuh-Jat.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, condenou o ataque. Em comunicado, Netanyahu acusou o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, e o movimento islâmico Hamas de incentivar a agressão.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247