Mundo

Morre Tariq Aziz, ex-vice-premiê do Iraque

Figura central do governo de Saddam Hussein, Aziz estava preso desde 2003 e, em 2010, foi condenado por assassinato premeditado e crimes contra a humanidade; ele teve um infarto

Figura central do governo de Saddam Hussein, Aziz estava preso desde 2003 e, em 2010, foi condenado por assassinato premeditado e crimes contra a humanidade; ele teve um infarto (Foto: Gisele Federicce)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Opera Mundi - Morreu nesta sexta-feira (05/06), aos 79 anos, o número dois do governo de Saddam Hussein no Iraque, o ex-vice-primeiro-ministro Tariq Aziz. Segundo o vice-governador da província de Diqar, Adel Dajil, a morte, ocorrida em um hospital penitenciário, foi em decorrência de um infarto.

Aziz estava preso desde 2003 e, em 2010, foi condenado por assassinato premeditado e crimes contra a humanidade. Ele tinha diabetes, hipertensão e outras doenças.

 O ex-vice-premiê, que também foi ministro das Relações Exteriores e cujo nome real era Mikhail Yuhana, nasceu em uma família cristã modesta em 1936, perto de Mossul. Era o único membro cristão do governo de Saddam e um de seus funcionários mais próximos até 2003, quando houve a invasão norte-americana e a deposição da então administração.

De 1979 a 2003, Aziz foi o "número dois" do governo civil, já que Saddam era presidente e também primeiro-ministro, e com frequência atuava como chefe do governo.

Aziz foi condenado por responsabilidade na perseguição de militantes e dirigentes de partidos religiosos, que afetou especialmente políticos xiitas, durante os anos 80.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO