Mundo multipolar justo será alcançado, diz Putin

"A ideologia da exclusividade, assim como o sistema neocolonial, que possibilitou a exploração dos recursos de todo o mundo, inevitavelmente se tornará uma coisa do passado"

Vladimir Putin
Vladimir Putin (Foto: Mikhail Klimentyev/Presidência russa)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

RT - A Rússia e seus parceiros internacionais construirão juntos um mundo multipolar justo, disse o presidente russo, Vladimir Putin.

Moscou está pronta para cooperar com todas as nações interessadas para enfrentar ameaças e desafios conjuntos, afirmou Putin em seu discurso em vídeo aos participantes da 11ª Reunião Internacional de Altos Representantes para Assuntos de Segurança na quarta-feira.

“Tenho certeza de que juntos conseguiremos a formação de um mundo mais justo e multipolar, e que a ideologia da exclusividade, assim como o sistema neocolonial, que possibilitou a exploração dos recursos de todo o mundo, inevitavelmente se tornará uma coisa do passado”, disse o líder russo aos oficiais de segurança estrangeiros.

A Rússia tem parceiros em muitas regiões e continentes diferentes, e as autoridades do país “apreciam muito” essas relações, disse ele.

“Valorizamos laços historicamente fortes, amigáveis ​​e verdadeiramente confiáveis ​​com os estados da Ásia, África e América Latina, e os fortaleceremos de todas as maneiras possíveis”, acrescentou Putin.

Segundo o líder russo, os esforços dos EUA e seus aliados para manter seu papel dominante incluem o “acumulo de potencial militar, interferência flagrante nos assuntos internos de outros países, bem como tentativas de extrair vantagens unilaterais do setor energético e crises alimentares, provocadas por vários estados ocidentais”.

Como resultado dessas ações, o nível de instabilidade está crescendo no cenário internacional, observou Putin. “Em diferentes regiões, antigos focos estão se expandindo e novos surgem... As pessoas em muitas nações estão experimentando consequências dramáticas de golpes organizados de fora”, disse ele.

No entanto, o presidente insistiu que a Rússia está confiante de que existe uma alternativa à política ocidental “de chantagem e sanções ilegais”.

Os países devem trabalhar juntos para “fortalecer a estabilidade no mundo, a construção consistente de um sistema de segurança unificado e indivisível, resolvendo as principais tarefas de garantir o desenvolvimento econômico, tecnológico e social”, enfatizou Putin.

continua após o anúncio

A 11ª Reunião Internacional de Altos Representantes para Assuntos de Segurança, sediada pelo Conselho de Segurança da Rússia, está ocorrendo na região de Moscou entre terça e quinta-feira. O evento, que reuniu delegações de mais de 100 países, terá participantes discutindo a situação internacional e os desafios de segurança mais urgentes enfrentados pelo mundo no momento. Será dada atenção especial a questões como segurança alimentar e da informação, além da cooperação no combate ao narcotráfico, segundo os organizadores.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247