Navio Costa Allegra chega ao arquipélago das Seychelles

Aps um incndio registrado na ltima segunda-feira, o cruzeiro ficou sem eletricidade com mil pessoas a bordo no Oceano ndico e precisou ser rebocado durante trs dias

Navio Costa Allegra chega ao arquipélago das Seychelles
Navio Costa Allegra chega ao arquipélago das Seychelles (Foto: Ahmed Jadallah/REUTERS )

247 com agências internacionais - O cruzeiro Costa Allegra chegou na manhã desta quinta-feira a um porto da ilha Mahe, a principal do arquipélago das Seychelles. Após um incêndio registrado na última segunda-feira (27), o navio ficou sem eletricidade no Oceano Índico e precisou ser rebocado durante três dias.

Segundo imagens transmitidas ao vivo pelas televisões italianas, o navio entrou no porto de Mahe às 2h de Brasília, e depois foram necessárias mais duas horas para aproximar-se do píer.

A Cruz Vermelha do arquipélago instalou diversas tendas para prestar assistência aos passageiros. As embaixadas de França e Itália, e uma comissão britânica, estão no porto para auxiliar os seus cidadãos. Operadoras de turismo disponibilizaram diversos ônibus para levar os passageiros do navio para hotéis do arquipélago ou para o aeroporto. O processo pode levar algumas horas.

Segundo informou nesta quinta a companhia Costa Cruzeiros, proprietária do navio, por enquanto 376 dos 627 turistas que viajam na embarcação aceitaram a oferta de continuar suas férias por uma ou duas semanas no arquipélago com todas as despesas pagas, assim como o voo de volta para casa.

O Costa Allegra conta com mais de mil pessoas a bordo e ficou sem eletricidade desde o incêndio que atingiu o gerador na última segunda-feira. Os passageiros tiveram de se levar com água mineral, comer comida fria, como frutas, além de pãos que eram levados diariamente por um helicóptero da Costa Cruzeiros, segundo a própria companhia afirmou.

O incêndio acontece um mês e meio depois do naufrágio do Costa Concordia - também propriedade da Costa Cruzeiros - em frente à ilha italiana de Giglio, que deixou 25 mortos e sete desaparecidos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247