Navio militar dos EUA colide contra petroleiro e deixa 10 desaparecidos

Navio militar dos Estados Unidos colidiu com um petroleiro a leste de Cingapura antes do amanhecer nesta segunda-feira, abrindo um buraco em seu casco abaixo da linha da água que provocou o alagamento de compartimentos e deixou 10 marinheiros desaparecidos, informou a Marinha norte-americana; colisão entre o destróiers de mísseis teleguiados USS John S. McCain e o petroleiro Alnic MC foi a segunda envolvendo embarcações militares norte-americanas e navios mercantes em águas asiáticas em pouco mais de dois meses

The U.S. Navy guided-missile destroyer USS John S. McCain is seen after a collision, in Singapore waters August 21, 2017. REUTERS/Ahmad Masood
The U.S. Navy guided-missile destroyer USS John S. McCain is seen after a collision, in Singapore waters August 21, 2017. REUTERS/Ahmad Masood (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - Um navio militar dos Estados Unidos colidiu com um petroleiro a leste de Cingapura antes do amanhecer nesta segunda-feira, abrindo um buraco em seu casco abaixo da linha da água que provocou o alagamento de compartimentos e deixou 10 marinheiros desaparecidos, informou a Marinha norte-americana.

A colisão entre o destróiers de mísseis teleguiados USS John S. McCain e o petroleiro Alnic MC foi a segunda envolvendo embarcações militares norte-americanas e navios mercantes em águas asiáticas em pouco mais de dois meses.

Os dois navios bateram no momento em que a embarcação norte-americana seguia para Cingapura para uma parada de rotina em um porto, de acordo com a Marinha.

"Relatos iniciais indicam que o John S. McCain sofreu danos em sua lateral", disse a Marinha. "Há no momento 10 marinheiros desaparecidos e cinco feridos".

O destróier seguiu para a base naval Changi nesta segunda-feira por meios próprios, apesar da colisão.

Dano significativo no casco resultou no alagamento de compartimentos, incluindo área de acomodação da tripulação, maquinaria e sala de comunicações, de acordo com a Matinha, mas tripulantes conseguiram evitar um alagamento ainda maior.

Quatro dos feridos foram levados de helicóptero do navio para um hospital em Cingapura sem risco de morte, e o quinto não precisou ser hospitalizado.

O navio irmão do USS John S. McCain, o USS Fitzgerald, quase afundou na costa do Japão após ser atingido por um navio de contêineres das Filipinas em 17 de junho. Os corpos de sete marinheiros do USS Fitzgerald foram encontrados na alagada área de acomodação da embarcação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email