New York Times revela que Trump preparou ataque ao Irã, mas desistiu após conselho de assessores

Na reta final de seu governo, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu opções a seus conselheiros para realizar um ataque contra a principal instalação nuclear iraniana, mas acabou sendo convencido a não fazê-lo

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Trump preparou um ataque ao Irã, mas desistiu depois de ouvir a opinião de assessores. A notícia foi publicada nesta segunda-feira (16) pelo New York Times. Segundo o jornal, em reunião realizada na última quinta-feira (12), na Casa Branca, o chefe de Estado americano perguntou se ele teria opções de ataque contra a principal instalação nuclear do Irã após inspetores internacionais relatarem um aumento significativo no estoque de material nuclear da república islâmica.

De acordo com funcionários e ex-funcionários do governo dos Estados Unidos ouvidos pelo NYT, Trump queria realizar o polêmico ataque nas próximas semanas. No entanto, diferentes autoridades conseguiram dissuadi-lo, alertando para o risco de iniciar um conflito de grandes proporções. 

​A publicação afirma que, qualquer que fosse o tipo de ataque, ele deveria ter como alvo a instalação de Natanz, onde a Agência Internacional de Energia Atômica relatou na última semana que o estoque de urânio do Irã era agora 12 vezes maior do que o permitido pelo acordo nuclear que os EUA abandonaram em 2018. A agência, segundo o New York Times, também observou que o Irã não permitiu o acesso a outro local suspeito onde haveria evidências de atividades nucleares anteriores.

Embora esse ataque em questão tenha sido descartado, as fontes citadas na matéria afirmaram que Trump ainda pode estar procurando maneiras de atacar ativos e aliados iranianos, como milícias do Iraque apoiadas por Teerã.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email