Nissan destitui Ghosn do conselho de administração da montadora

Os acionistas da Nissan destituíram o ex-presidente Carlos Ghosn do conselho de administração da montadora, cortando os seus últimos laços com a empresa. Ele foi preso pela quarta vez por suspeita de má conduta financeira ao tentar se enriquecer com uma quantia de US$ 5 milhões às custas da Nissan

Nissan destitui Ghosn do conselho de administração da montadora
Nissan destitui Ghosn do conselho de administração da montadora (Foto: Regis Duvignau - Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os acionistas da Nissan destituíram o ex-presidente Carlos Ghosn do conselho de administração da montadora, cortando os seus últimos laços com a empresa. Ele está preso desde quinta-feira(4) por acusações de má conduta financeira. Foi preso pela quarta vez por suspeita de tentar se enriquecer com uma quantia de US$ 5 milhões às custas da Nissan. A decisão foi tomada após votação realizada em uma reunião de emergência nesta segunda-feira (8).

Um Tribunal de Tóquio aprovou na sexta-feira (5) pedido de promotores para deter Carlos Ghosn por dez dias para interrogatórios.

Também foi destituído Greg Kelly, ex-diretor próximo a Ghosn, e nomeado o atual presidente da Renault, Jean-Dominique Senard, como membro do conselho de administração da Nissan.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247