Nobel da Paz 2019 sai para primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed

O prêmio Nobel da Paz de 2019 foi concedido nesta sexta-feira (11), ao primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed. A premiação surpreende pois não foi concedida aos três principais nomes indicados, o ex-presidente brasileiro Lula, o líder indígena Raoni e a jovem ambientalista Greta Thunberg. O prêmio foi atribuído a Abiy Ahmed pelos seus esforços para “alcançar a paz e a cooperação internacional”, com os acordos de paz com a Eritreia

Abiy Ahmed, Prêmio NObel da Paz 2019
Abiy Ahmed, Prêmio NObel da Paz 2019 (Foto: Tiksa Negeri/Reuters)

247 - Vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 2019, o mais importante do mundo, é o primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed.

O prêmio é concedido, desde 1901, a homens, mulheres e organizações que trabalharam para o progresso da humanidade, conforme o desejo de seu criador, o inventor sueco Alfred Nobel. 

O prêmio foi atribuído  Abiy Ahmed pelos seus esforços para “alcançar a paz e a cooperação internacional”, com os acordos de paz com a Eritreia  

“Ainda que falte muito a fazer na Etiópia”, Abiy Ahmed Ali​ “passou os últimos meses tentando alcançar a anistia no país”, acabando com a censura aos meios de comunicação, promovendo a paz social, e aumentando a importância das mulheres na comunidade da Etiópia, de acordo com onformação do jornal português Público

Ao vivo na TV 247 Youtube 247