Novo embaixador de Israel acredita em coexistência de judeus e árabes

De origem drusa, Reda Mansour afirma que Israel, apesar de ser um estado judaico, tem "integrada" em sua cultura uma grande comunidade árabe, e que isso "dá esperança" ao futuro do Oriente Médio; assista à entrevista concedida por ele aos repórteres Bia Willcox e Luciano Olivieri

De origem drusa, Reda Mansour afirma que Israel, apesar de ser um estado judaico, tem "integrada" em sua cultura uma grande comunidade árabe, e que isso "dá esperança" ao futuro do Oriente Médio; assista à entrevista concedida por ele aos repórteres Bia Willcox e Luciano Olivieri
De origem drusa, Reda Mansour afirma que Israel, apesar de ser um estado judaico, tem "integrada" em sua cultura uma grande comunidade árabe, e que isso "dá esperança" ao futuro do Oriente Médio; assista à entrevista concedida por ele aos repórteres Bia Willcox e Luciano Olivieri (Foto: Gisele Federicce)

247 – A existência de povos e culturas diferentes em um mesmo espaço é um sonho possível e compartilhado pelo novo embaixador de Israel no Brasil, Reda Mansour. Sua origem drusa pode ter sido o ingrediente principal para que desenvolvesse seu olho cuidadoso e atento ao multiculturalismo e à multiétnica vivenciados em Israel e também no Brasil.

Em entrevista aos repórteres Bia Willcox e Luciano Olivieri durante encontro realizado na Câmara Brasil Israel de Comércio e Indústria no Rio de Janeiro, na última semana, ele contou ter como missão fazer com que o Brasil se familiarize com aspectos de Israel ainda pouco conhecidos, como a medicina, a tecnologia e especialidades que podem contribuir, por exemplo, para a crise hídrica que o País enfrenta neste momento.

Sobre sua origem, Mansour declarou que, apesar de Israel ser um estado judaico, há uma grande comunidade árabe "integrada" na cultura israelense. O cenário, diz ele, "pode dar esperança à nossa situação no Oriente Médio, porque se podemos coexistir em Israel, judeus e árabes, vamos coexistir no futuro em todo o Oriente Médio". Ele citou que há, no Brasil, os melhores exemplos de coexistência entre as duas comunidades.

Assista abaixo à entrevista: 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247